Acessibilidade “Made in Lavid / UFPB” para o mundo

agosto 21, 2018

Aplicativo VLibras para surdos é finalista em prêmio internacional na categoria “Sociedad Equitativa y Colaborativa”

 

Concorrendo com nada menos que 70 soluções tecnológicas e projetos sociais de toda a América Latina, o conjunto de softwares “Suíte VLibras”, criado pela equipe do Núcleo Lavid da UFPB e que faz a tradução automática de textos, vídeos e áudios para a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), é um dos três finalistas do prêmio ” LATAM Smart City Awards 2018″ na categoria “Sociedade Equitativa e Colaborativa”.

O vencedor dessa categoria será anunciado durante o “Smart City Expo Latam Congress” que acontecerá de 11 a 13 de setembro, na cidade de Puebla, no México, e do qual participarão os coordenadores do projeto, os pesquisadores Tiago Maritan, Guido Lemos e Rostand Costa.

A cerimônia de anúncio dos vencedores em cada uma das quatro categorias do evento ocorrerá no próximo dia 12 de setembro.

A premiação tem o objetivo de reunir e reconhecer os projetos de transformação mais inovadores da América Latina que tenham impacto favorável na inclusão, equidade, segurança, sustentabilidade e participação, em um esforço para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

 

VLIBRAS FOI PREMIADO EM 2016

Não é a primeira vez que essa ferramenta tecnológica de grande alcance social obtém reconhecimento por sua importância na vida de cerca de dez milhões de brasileiros com algum grau de deficiência auditiva. Em setembro de 2016, o projeto “Suíte VLibras: Tradutor Automático de Conteúdos Digitais para Libras, em Código Aberto e Distribuição Livre” ganhou o prêmio Todos@web, na categoria Tecnologia Assistiva/Aplicativos. A solenidade aconteceu no Rio Media Center, Rio de Janeiro, e o prêmio foi recebido pelo coordenador do projeto, Tiago Maritan e representantes da equipe de desenvolvedores.

 

VLIBRAS JÁ ULTRAPASSA 100 MIL DOWNLOADS

 

O Projeto VLibras (www.vlibras.gov.br) foi o resultado de uma parceria entre o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), por meio da Secretaria de Informática (STI), a Rede Nacional de Pesquisa (RNP) e da Universidade Federal de Paraíba (UFPB), através do Lavid, e teve como resultado o desenvolvimento de um conjunto de ferramentas computacionais de código aberto, chamado Suíte VLibras, responsável por traduzir automaticamente conteúdos digitais em português para a Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS), tornando as informações disponíveis em computadores, dispositivos móveis e portais da Internet acessíveis para pessoas surdas.

O projeto ainda permitiu a criação de um dos maiores dicionários de sinais do mundo, com mais de 13.500 sinais LIBRAS, totalmente público e gratuito. Atualmente, o VLibras é utilizado em vários sites governamentais e privados, entre eles os principais sites do governo brasileiro (brasil.gov.br), Câmara dos Deputados (camara.leg.br) e Senado Federal (senado.leg.br) e já teve mais de 100.000 downloads das versões desktop e mobile.

Atualmente, o Lavid investiga a viabilidade de oferecer uma plataforma multilíngue para tradução de vários idiomas falados em várias línguas de sinais para cenários como Internet, TV Digital e Cinema. O novo projeto, chamado OpenSigns, tem como objetivo aproveitar o ferramental desenvolvido no VLibras para ser usado com outras línguas de sinais, reduzindo o esforço, o tempo e o custo de desenvolvimento de ferramentas similares para outros países, o que pode aumentar ainda mais a inclusão digital e a acessibilidade.

TEXTO E FOTOS: Assessoria de Comunicação do CI e Lavid/UFPB