CI realizará evento que incentiva a transparência na divulgação de dados

março 3, 2016

FOTO DIA INTERNACIONAL DE DADOS ABERTOS 02 mar 2016

Transformar informações de difícil compreensão em dados abertos, traduzindo uma linguagem “bruta” em gráficos interativos, mapas, aplicativos e ferramentas que proporcionem mais transparência e um melhor entendimento pelo público que acessa conteúdos pela internet.  Esse é o desafio das equipes que irão participar do International Open Data Hackaton, o Dia Internacional de Dados Abertos, que acontecerá no próximo sábado, 5, no Centro de Informática (CI) da UFPB, das 8h às 13h.

O evento está na sexta edição e já foi realizado na UFPB no ano de 2010. Desta vez, está sendo organizado pelo Laboratório de Transparência Pública do Departamento de Administração da Universidade e no CI tem a colaboração do estudante Fernando Brito, do curso de Ciência da Computação, com apoio de docentes e alunos.

A programação começa com uma palestra de Fernando Brito sobre dados abertos. Das 8h30 às 9h haverá a  discussão de ideias e formação de times que irão desenvolver as ferramentas com dados abertos. Às 13h serão apresentados os projetos criados pelas equipes da maratona.

Segundo Fernando Brito, as equipes poderão transformar em dados abertos informações como gastos de parlamentares, mapas de violência, licitações públicas e informações sobre transporte público. Podem participar profissionais e estudantes de informática, designers, jornalistas e profissionais de outras áreas.

Além da UFPB, mais de 200 cidades já se cadastraram em todo o mundo para realizarem a maratona com seus públicos. No Brasil, já estão confirmadas as cidades de João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Teresina (PI), Brasília (DF) e Vitória (ES).  O evento é descentralizado e acontecerá simultaneamente nessas cidades.

A iniciativa de congregar pesquisadores, internautas e profissionais de diversas áreas com a finalidade de traduzir dados científicos e governamentais de interesse público em um formato mais acessível partiu da ONG (Organização não Governamental) inglesa OKF (Open Knowledge Foundation), que pode ser acessada em https://okfn.org/.

As inscrições para o Dia Internacional de Dados Abertos podem ser feitas neste link.