Fim do falso diploma universitário

maio 11, 2018

Pesquisadores do Lavid/CI/UFPB desenvolvem tecnologia que torna mais difícil a falsificação de diplomas e facilita a verificação de dados

 

A pesquisa foi tema de reportagem, exibida, na terça-feira, 08, no Jornal da Correio.

O projeto GT-RAP, Serviço de Autenticação e Preservação Digital de Documentos é coordenado pelos docentes e pesquisadores Guido Lemos e Rostand Costa do Núcleo de Pesquisa e Extensão- Lavid do Centro de Informátca (CI) com a colaboração do professor e pesquisador Daniel Faustino e uma equipe de desenvolvedores.

A solução tecnológica vai ao encontro de uma demanda crescente nos meios universitários por mais segurança na expedição de diplomas e outros documentos que certificam a formação em nível superior.

Diante do crescente registro de casos de falsificação de diplomas, por delegacias de polícia, em várias regiões do pais, o próprio Ministério da Educação (MEC) instituiu, recentemente, o diploma em formato digital, iniciativa que ainda requer regulamentação, antes de ser adotada pelas instituições de ensino superior.

O projeto GT-RAP, Serviço de Autenticação e Preservação Digital de Documentos é financiado pela Rede Nacional de Pesquisa (RNP) e realizado em parceria com a PUC e Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (RJ).

Nossos agradecimentos ao repórter Saimon Cavalcanti e a toda a equipe da TV Correio.

Veja a reportagem no link.

FONTE: Assessoria de Comunicação do CI