General do Ministério da Defesa visita Lavid e convida equipe para expor tecnologias em evento das Forças Armadas

dezembro 13, 2017

O general Decílio de Medeiros Sales, diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação do Ministério da Defesa visitou, na terça-feira, 12, o Núcleo de Pesquisa e Extensão – Lavid do Centro de Informática (CI), onde conheceu os aplicativos de TV digital e acessibilidade, e convidou a equipe para expor as soluções tecnológicas em evento das Forças Armadas, em Brasília, no início de 2018.

O diretor do Ministério da Defesa esteve acompanhado da esposa, Marieta Pereira Sales, e do tenente Ibiapina, do Grupamento de Engenharia de João Pessoa. Ele foi recebido pelo diretor do CI, Hamilton Soares, pelo vice-diretor, Lucídio Cabral, pelo ex-diretor do centro, professor Guido Lemos, e por pesquisadores do Lavid.

O general afirmou que o Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação vai organizar um evento, em Brasília, no início do próximo ano, para que o Lavid apresente a membros do Ministério da Defesa e setores das Forças Armadas as inovações tecnológicas que vêm desenvolvendo. Ele informou que é provável uma cooperação com esse núcleo de tecnologia digital e acessibilidade do CI.

Ressaltou que ainda não é possível estabelecer quais as demandas por conteúdos digitais e aplicativos que o Ministério da Defesa teria, mas adiantou que o assunto será definido em reunião com as Forças Armadas, visando identificar as necessidades tecnológicas que poderiam ser atendidas pelos pesquisadores do Lavid.

No Lavid, o general Decílio Sales teve uma amostra do potencial do Ginga, o software que permite a interatividade na TV digital brasileira, criado pelo Lavid, em parceria com o laboratório Telemídia da PUC do Rio de Janeiro.

Algumas funcionalidades do Ginga foram apresentadas, através do canal social, com aplicativos para TV digital, desenvolvido pelo Lavid para o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Trata-se de uma plataforma com conteúdos digitais interativos que está disponibilizando informações exclusivas sobre programas sociais do Governo Federal e outros serviços para cerca de 12 milhões de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família e do Cadastro único.

A plataforma será exibida em algumas cidades onde o governo encerrou as transmissões de TV pelo sinal analógico.

Outra solução tecnológica de inclusão social demonstrada ao diretor do Ministério da Defesa foi o VLibras, um conjunto de softwares que traduz texto, áudio e vídeo para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) . Os aplicativos já estão disponíveis para download gratuito em todos os portais do Governo Federal e beneficiam cerca de 10 milhões de brasileiros com algum grau de deficiência auditiva.

Na oportunidade, os visitantes tiveram acesso ao projeto de acessibilidade CineAD, um software que reconhece objetos e outras imagens nas cenas de um video e gera audiodescrição automática. A ferramenta vai beneficiar milhares de brasileiros com deficiência visual.

Outra ferramenta apresentada foi o “Rap web client”, um avançado e revolucionário sistema de preservação digital, além do projeto de videocolaboração que inova ao possibilitar que até 75 fluxos de vídeo possam trafegar ao mesmo tempo e de forma independente.

FONTE: Assessoria de Comunicação do CI