Grupo Fiat confirma potencial para cooperação técnico-científica com o CI/UFPB

julho 21, 2017

Professores visitaram fábrica Jeep, em Goiana-PE, na semana passada

 

O grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), detentor da marca Jeep, confirmou a possibilidade de estabelecer, em um futuro próximo, uma parceria com o Centro de Informática (CI) da UFPB, que favorecerá a cooperação técnico-científica em áreas como robótica e veículos autônomos, sistemas integrados, internet das coisas, segurança cibernética, computação em nuvem, realidade aumentada e big data.

A notícia de um provável intercâmbio foi comunicada pelos professores Alisson Brito, Gustavo Peixoto, Gilberto Sousa e pelo assessor de Pesquisa do Centro de Informática (CI) Waldir Roque, quando visitaram, na semana passada, as instalações da fábrica Jeep, no município de Goiana, em Pernambuco.
No começo da visita, houve uma breve apresentação do Grupo FCA, bem como um histórico de implantação da fábrica, que fica a cerca de 68 km do CI. Nessa apresentação, o setor de Comunicação e Marketing da empresa enfatizou o investimento bilionário que tornou possível a criação da fábrica que, segundo informaram, é a mais moderna do grupo no mundo e que vem contribuindo para uma expressiva transformação local, através da geração de emprego e renda para dezenas de profissionais.

Na ocasião, os colaboradores da empresa também ressaltaram o cuidado com a preservação ambiental e as oportunidades de pesquisa, desenvolvimento e inovação como fatores de desenvolvimento regional impulsionados pela atividade industrial.

Os visitantes fizeram um tour pela linha de produção e montagem dos veículos, onde foi destacado o nível elevado de tecnologias utilizadas e que se dividem em sistemas distribuídos, robótica, automação, entre outros segmentos.

Ainda durante a visita, houve uma reunião com Thiego Oliveira, responsável pelo setor de Tecnologia da Informação (TI) da fábrica. Esse encontro proporcionou aos professores do CI a apresentação dos interesses e competências da unidade de ensino, com vistas a futuras parcerias. Dentre as áreas que o Centro tem expertise comprovada e para as quais a Fiat tem demandas incluem-se robótica e veículos autônomos, sistemas integrados, internet das coisas, segurança cibernética, computação em nuvem, realidade aumentada e big data.

Nesse momento da visita, o professor Waldir Roque questionou sobre a existência de um programa de estágio da empresa, no qual alunos do CI pudessem se engajar. A empresa respondeu que o programa de estágio é um plano para o futuro, já que a fábrica foi inaugurada há apenas dois anos e ainda está em fase de amadurecimento.

A equipe do CI formalizou convite ao responsável pelo setor de TI para que viesse ao CI proferir uma palestra para a comunidade acadêmica.

Na avaliação dos docentes, a visita foi bem-sucedida e passível de progresso, tendo em vista que o CI poderá tornar-se um potencial colaborador para a solução de problemas demandados pelo Grupo FCA nas áreas em que tem competência já estabelecida.

FONTE: Assessoria de Comunicação do CI com colaboração do professor Gustavo Peixoto.