Imprensa e público visitam estande do CI/UFPB na abertura da EXPOTEC

agosto 10, 2017

O estande do Centro de Informática (CI) foi uma das principais atrações da abertura da Expotec, na quarta-feira, 09, no Centro de Convenções da capital.

As inovações que ficarão expostas ao público até sexta-feira, 11, anunciam as ferramentas tecnológicas “made in CI” que promovem inclusão digital, melhoram a comunicação entre os cidadãos e geram soluções para a sociedade, em diversas áreas.

Na vitrine tecnológica do CI, o visitante vai conhecer e interagir com vários aplicativos de última geração, entre eles o Biopass, um conjunto de softwares de biometria, criado pelo laboratório Visio, que permite o reconhecimento facial e torna mais segura a identificação da impressão digital de uma pessoa.

 

Quem ainda não teve acesso ao aplicativo VLibras , desenvolvido pelo Núcleo Lavid, vai ter a oportunidade de se inteirar sobre as funcionalidades dessa plataforma que traduz texto, áudio e vídeo para a Língua Brasileira de Sinais, beneficiando cerca de 10 milhões de brasileiros com algum grau de deficiência auditiva. Outro aplicativo de acessibilidade, oferece audiodescrição de vídeos para pessoas com cegueira.

  

As potencialidades da TV digital interativa também estão chegando às casas dos beneficiários do Bolsa Família. O Lavid está apresentando no evento o aplicativo que oferece conteúdos digitais interativos para as famílias de baixa renda cadastradas no programa.

  

Os drones são uma atração à parte e estão sendo mostrados no estande do Laser, o Laboratório de Sistemas Embarcados e Robótica do CI. O Laser está oferecendo oficinas de drones todas as tardes, em uma das salas do evento.

  

Outra novidade que vai despertar a curiosidade do público da Expotec e que será mostrada a partir desta quinta-feira, 10, é o alimentador virtual de pet. Trata-se de um equipamento que, acionado remotamente por um aplicativo instalado em um celular, libera a comida de um animal doméstico na quantidade e hora desejada pelo dono do bichinho. O Laboratório de Medidas e Instrumentação (LMI) é o responsável pela invenção.

 

O aplicativo de localização de urnas eleitorais, criado pelo Laboratório de Pesquisa Operacional (Laporte), também poderá ser visualizado nesta quinta-feira. Essa tecnologia facilita a definição de locais estratégicos de instalação de urnas, visando agilizar a coleta, após a votação, e, consequentemente, reduzir o tempo da apuração.

  

O LabTEVE, Laboratório de Tecnologias para Ensino Virtual e Estatística, instalado no Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN), mas com participação de professores do CI, também tem um estande próprio no evento, onde são disponibilizados aplicativos com jogos educativos que visam o apoio ao ensino em diversas áreas.

  

Quem fizer uma visita ao estande do CI também conhecerá as inovações tecnológicas de outros laboratórios como o de Robótica Educacional; o Laboratório de Inteligência Artificial Aplicada (LIAA), cuja finalidade é investigar a aplicação da Inteligência Artificial à solução de problemas em diferentes domínios, tais como, Informática em Saúde, Cidades Inteligentes, e TV Digital Interativa; Laboratório de Modelagem em Engenharia de Petróleo (Lamep), que alia matemática aplicada, modelagem computacional e engenharia de petróleo, e o Laboratório Meninas na Computação (LMCC), que tem por objetivo promover a inclusão feminina na Ciência e Tecnologia.

  

FONTE: Assessoria de Comunicação do CI
FOTOS: Madrilena Feitosa