Ministro da Saúde acompanha transmissão de cirurgia em 4K com tecnologia criada pelo Lavid

dezembro 5, 2016

Cirurgia de reconstrução lábio – palatina foi realizada no HULW e transmitida em tempo real para Brasília e João Pessoa

 

A equipe do Núcleo de Pesquisa e Extensão Lavid do Centro de Informática (CI) da UFPB desenvolveu a tecnologia que permitiu, na manhã de quarta-feira, 30, a transmissão de uma cirurgia de reconstrução lábio-palatina, em tempo real e em resolução 4K, para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, que se encontrava na sede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), em Brasília, e o público do auditório do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa. A cirurgia foi realizada na sala 11 do bloco cirúrgico do HULW.

A tecnologia que tornou possível a captação e transmissão de imagens em 4K, uma definição quatro vezes superior a da TV digital brasileira, é chamada Fogo Player, um conjunto de softwares desenvolvido pela equipe do Núcleo Lavid e que já vem sendo testado com sucesso em universidades do Brasil e do exterior.

foto-cirurgia-4k-lavid-hu-30-nov-16  foto-cirurgia-4k-no-hu-30-nov-16

O sistema pode ser utilizado para projeções com altíssima resolução em eventos esportivos, espetáculos e procedimentos cirúrgicos para fins de educação continuada em telemedicina. Outra particularidade do Fogo Player é que possibilita uma comunicação instantânea entre os envolvidos no evento transmitido e o público, o que reforça a importância do uso no ensino a distância. O projeto vem sendo desenvolvido desde 2011, com apoio da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP/MCTI).

O potencial e funcionalidades dessa tecnologia foram demonstrados em cerca de duas horas de projeção, tempo de duração da cirurgia, realizada em uma mulher jovem, portadora de fissura labiopalatal, uma má formação congênita. Além da transmissão das imagens em altíssima resolução, a comunicação bilateral entre os públicos foi realizada com sucesso.

Enquanto visualizava os procedimentos da equipe médica, o ministro participou de uma teleconferência, ressaltando para os públicos que se encontravam em diferentes cidades a importância desse projeto para a formação de profissionais de saúde e intercâmbio de informações entre equipes multiprofissionais. Do mesmo modo, as pessoas que estavam no auditório do HULW tinham acesso às imagens projetadas em 4K e podiam participar da teleconferência.

foto-cirurgia-4k-hulw-30-nov-16  foto-cirurgia-4k-hu-jp-30-nov

O Núcleo Lavid vem trabalhando em parceria com o HULW, há vários anos, visando a implementação desse sistema que hoje se consolidou com a transmissão da cirurgia lábio-palatina. De acordo com o gerente de Ensino e Pesquisa do HULW, Angelo Melo, a unidade hospitalar está dotada de toda a infraestrutura tecnológica necessária para o compartilhamento de imagens em 4K e áudio digital com uma rede de 46 hospitais universitários.

Angelo Melo destacou que a boa performance desse projeto deve ser creditada ao Núcleo Lavid e a outros parceiros importantes como Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; empresa Dynavideo e Rede Paraibana de Alto Desempenho (REPAD) que tem por objetivo interconectar as instituições integrantes do Sistema Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação instaladas em João Pessoa e Região Metropolitana, através de uma infraestrutura própria de fibras óticas.

A equipe que atuou no registro e projeção do procedimento cirúrgico é integrada pelo professor Erick Melo , do IFPB e Lavid; pelos profissionais de Informática, Giuliano Maia, Sindolfo Miranda e Manoel Gomes, da empresa Dynavideo, e Victor Igor, da REPAD; pelos pesquisadores do Lavid, João Martins, Bruno Correia e Rafael Toscano. A captação das imagens foi realizada com uma câmera Blackmagic Ursa e o projetor é da marca UHD Sony.

FONTE: Assessoria de Comunicação do CI