Servidores técnico-administrativos e docentes da UFPB paralisam atividades nesta sexta-feira

junho 29, 2017

O SINTESPB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Superior do Estado da PB) e a ADUFPB ( Associação dos Docentes da UFPB) confirmaram a adesão das categorias à greve geral que está marcada para sexta-feira (30).

A mobilização dos servidores técnico-administrativos começa no turno da manhã, a partir das 7h, em frente ao Hiper Bompreço da Lagoa, em João Pes­soa, e vai se integrar às atividades programadas pelo Grande Comitê de Greve, formado pelas cen­trais sindicais, através dos seus sindicatos filiados e movimentos sociais.

A ADUFPB está convocando os professores universitários para a concentração, às 11h, em frente ao Shopping da Lagoa, no centro da capital. Em nota, divulgada no portal da associação, a ADUFPB confirma a participação no movimento, reforça a defesa da educação pública e se posiciona contra a política de corte de verbas que tem prejudicado o funcionamento da UFPB, desde que Temer assumiu o Governo.

O portal do SINTESPB divulga nota da Fasubra ( Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições Federais de Ensino Superior Públicas) na qual informa que o governo de Michel Temer tem sofrido derrotas constantes, dentre as quais, a rejeição do relatório da Reforma Trabalhista (PLC 38/17) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal, e conclama a categoria a intensificar as mobilizações nas ruas, visando derrotar a proposta no plenário.

Mais nos portais do SINTESPB e da ADUFPB.


FONTE: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO CI